a primeira de muitas madrugadas

Essas madrugadas quentes e abafadas costumam ser uma verdadeira tortura psicológica para mim. Sabem, ninguém mais acordado, nenhum carro transitando. E por mais que meu irmão se revire na cama, não se levanta pra ir no banheiro. Nem minha mãe, que costumava acordar de meia em meia hora. Só eu simplesmente não consigo dormir. E quando consigo, é para ter um sonho ruim.
Peguei o celular pra ouvir rádio (to aceitando mp3 ou 4 player...). FM à noite é um porre. Só música calminha, pra "embalar" a tua noite. Aumentam a solidão. Tava ouvindo uma estação. Boa, mas começou só instrumental. Eu precisava de vozes humanas. Mudei a estação... Beleza! Uma música depois começou só instrumental também.
Se fosse inverno, eu baixava mais uma coberta, e tomava um chá bem quente. Mas no verão não tem essa de chá bem quente. E chá frio nem falo, né... coisa de fresco; sem contar que é ruim, de verdade.
Aí eu to nessas. Entrei na internet, pra contar isso pra alguém, mas como já era esperado, não tem ninguém on. As poucas pessoas acordadas a essa hora devem estar bêbadas tentando voltar para casa. Pior mesmo é saber que essa é só a primeira de muitas madrugadas.

Quem sofrer desse mesmo problema, dê sinal. Me passe o msn. Pode ser útil.

Por essas e outras, sempre gostei mais do outono.

2 comentários:

Guilherme disse...

há anos que me chamam de louco por dizer que outono é a minha estação preferida! essa gente é louca Oo
[sim, um morto desocupado em dia de finados lendo postagens em blog por aí a fora :P]

Lidi 's disse...

nesse calor o melhor que tem a fazer é ligar o ventilador, tomar um banho gelado e contar carneirinhos...aos poucos o sono chega ^^