Uiaaa... que raiva

Sejam futebolistas, políticos, religiosos ou sobre qualquer outra coisa.

Sejam altos ou baixos, gordos ou magros, loiros, morenos ou mesmo mulheres.

Sejam irritados ou irritantes. Fortes ou fracos. Bons de papo ou de soco.

Sejam gremistas, colorados, católicos ou muçulmanos, destros ou canhotos.

Tanto faz.

Só sei que tenho raiva de gente fanática.

Por futebol, política ou qualquer outro assunto.

Gente que se considera acima de tudo e de todos. Verdade absoluta. A sua, claro.

E não nega palavras, não mede esforços, não pensa nas consequências quando começa a discutir, a defender e, claro, exaltar o seu lado, o seu time, a sua música, religião ou o seu partido.

Gente fanática é chata. Quase todos. Uns 99%. E só não é tudo porque sempre há exceções.

Gente fanática acaba sendo cega. Nega-se a aprender, a conhecer, a entender.

Gente fanática é fanática pelo fanatismo. Porque esse domina. Toma conta da pessoa. Do cérebro. Até do coração.

E coração fanático é coração impuro.

Tenho raiva de gente fanática.

É isso.

Um comentário:

Graziela disse...

é... fanatismo cega