Merda de carnaval

Alguém tem que atualizar isso aqui, então como eu sou ainda o presidente, então vai lá mais uma série de críticas minhas.

Nessa época de carnaval, é uma boa pedida fazer um texto criticando a falta de valores que a nossa sociedade atingiu. Toda essa festa, essa bateção, essa chapação, bebedeiras descontroladas e putarias verbais, morais e sexuais, todo esse descontrole físico e imaginário que a grande e absoluta maioria consegue ter é, nada mais nada menos do que uma simples desculpas para fugir de problemas e responsabilidades e entrar num mundo, irreal, de diversão e afins.

Mas não vou criticar isso.

Só quero dizer que não gosto de carnaval. Aliás, sem banalizar, talvez odeie carnaval.

Até porque, aqui, é uma bateção. É som automotivo. Bateção. Tum tum tum. Tentativa de música eletrônica de um lado, funk de outro, ou seja, nada de música mesmo. A questão toda tá no volume. É muito alto. É competição pra ver quem consegue levantar mais o som. Fazer mais barulho. Fiquem surdos todos então.

Que merda.

Pelo menos o ano vai começar nessa quinta-feira...

2 comentários:

Ju disse...

O Carnaval faz parte do velho "projeto" do Pão e Circo ^^

Rafael disse...

Também odeio carnaval. Ainda bem que na minha cidade quase não tem nada, e quando tem, fica longe da minha casa e não ouço nada.
Huahuah!

Achei seu blog pelo "Mania de Escrever" da Ju.
Se não se importa, adicionei-o no meu blog.

Parabéns!
Se quiser, passe no meu: http://meirritam.blogspot.com

Até mais!
Ótima semana.