Eu gosto de rir, mas eu não posso rir.

Uhuul o Tosco recebeu um meme!!! Bem, vou deixar as formalidades pro Vini, pro Maurício, ou para o Guilherme... A maioria de uns cinco blogs aos quais eu poderia repassar um meme já receberam-no...

Bem, nos últimos dias foi só mordomia para mim... Não que eu quisesse, mas tenho que dizer que é super legal poder deitar a qualquer hora do dia e poder ficar quanto tempo quiser deitada, sem que ninguém te mande sair da cama. É que ontem eu passei o dia inteiro ruim, dor de barriga, dor de cabeça, dor nos ossos, fraqueza, etc. Já hoje, extraí um ciso. Minha bochecha está inchada. Tem sangue molhado dentro da minha boca. Eu não consigo falar direito. Toda vez que deito o travesseiro tem que estar elevado. Mas pelo menos eu posso deitar a hora que eu quiser, afinal, estou de repouso. O melhor disso tudo, é que minha mãe comprou sorvete para mim, já que eu não posso comer sólidos nem coisas quentes. E o pior disso tudo é que eu não posso rir. Se eu rio, dói (acentuo ou não acentuo? eis a questão) tudo, parece que meus pontos esão arrebentando. Mas eu não consigo ficar muito tempo sem rir. A primeira coisa que fiz quando vi o meu irmão, depois que cheguei em casa, foi rir. A cara dele é engraçada, ou o jeito que ele me olha é engraçado, ou a cara de pena que ele faz para mim quando estou nessas situações é engraçada. Eu olhei para ele e comecei a rir. Ele começou a se desculpar dizendo "mas eu nem disse nada!" e então eu ria mais ainda. Comecei a rir agora só de lembrar.
Na verdade, eu rio quando eu penso. Eu passo o tempo inteiro falando gracinhas, que me fazem rir. E às vezes as coisas que eu faço, mesmo sozinha, me fazem rir. Esses dias eu tava tentando fazer qualquer coisa com um balde cheio de água, sozinha em casa, e de repente eu deixei o balde com toda a água cair. Eu olhei bem séria pros lados pra ver se ninguém passou na rua naquele momento, se nenhum vizinho viu; ninguém viu, ufa! Mas aí, abaixei um pouco a cabeça, e vi que meus dois cachorros tinham despertados de suas sonecas só para ver o que tinha acontecido... Deviam ter pensado algo como "como é que ela consegue? nem nós somos tão desastrados!"

2 comentários:

Vini disse...

hahahhahahahhahahaha


mas a do balde

eu gosto quando as pessoas me vêem(mudou o jeito de escrever essa palavra também?) fazendo algo bem desastrado

é mais divertido rir disso depois


lembro do dia em que conversava sozinho, como se fosse com alguém

e um cara falou que ia me internar no hospício...
foi bem engraçado

mas enfim


e eu não vou passar pra mais gente aquele meme

que o maurício o faça

Graziela disse...

hahahaha

lembro da época em que eu ia em qualquer parte do nosso pátio (mas era meio que fixo, sabe, eu ia todo dia no mesmo lugar), ficava caminhando para lá e para cá, e conversando com todos os meus amigos que não estavam ali presentes, e tal... aí passavam as pessoas na rua e só ficavam me olhando... mas depois minha mãe mandou eu parar de fazer isso, porque as pessoas iriam achar que eu era louca hahahahahahaha