Fragmentos da obra "Matemática do Impossível

Estes tempos estive fazendo uma faxina no meu quarto, e achei um livrinho que eu mesma e um ex-colega escrevemos na 6ª série. No livro não continham nada mais que comentários e observações sarcásticas sobre alguns conteúdos da matemática. Vou hoje então reproduzir neste blog os trechos mais interessantes deste livro, chamado "Matemática do Impossível", que teve no total três exemplares impressos.

Dica de aluno para ensinar o professor a ensina o aluno:

1ª série - Ensine seus alunos a calcular: Divida a sala em secos e gordurosos. Ensine para os magros contas de mais (5 balas + 2 balas = ? balas), insentivando-os a comer mais. Para os gordos ensine as contas de menos (30 qulos - 18 quilos = ? quilos), insentivando-os a perder quilos. Depois peça para que os magros ensinem para os gordos as adições, e os gordos ensinem para os magros as subtrações. Assim você perde menos tempo!

2ª série - Psicologia infatil, pedagogia e psicopedagogia em ação - Multiplicação e divisão: Divida a sala em magros e gordos. Não ensine para os magros multiplicações e divisões com palitos, para não ofendê-los. Não ensine para os gordos divisões e multiplicações com balões, para não ofendê-los.

Contas impossíveis por falta de recursos:

São aquelas contas que você não consegue fazer porque não há recursos suficientes. Ex: Se em quatro mãos, eu tenho 5 dedos, quantos dedos eu terei em 8 mãos?

Resposta: Esta é uma daquelas contas 100% impossíveis de realizar a conta, porque para realizar a conta você precisa que eu tenha 8 mãos. Como eu só tenho 2 mãos para realizar a conta, você não poderá realizar a conta.

2 comentários:

ViNícULa disse...

eu acho que isso deveria entrar na metodologia que o professor deve seguir para dar aula...
muito bom

Anônimo disse...

se em 4 mão tem 5 dedos
em 8 maos eu terei 10...
mas 4 mãos eu tenho 20 dedos não acha?
portanto em 8 maos eu terei 40 dedos..
a piadinha nao foi feliz.. :X