Histórias do tosco [ x + 1]

Ele não tinha pressa, não tinha planos, não tinha sonhos.

Apenas mais um adolescente reclamão. Ninguém o compreendia e ele não compreendia ninguém.

Odiava algumas coisas e não acreditava em amor, tampouco em "um dia o amor vai chegar" e blá blá blá.

Um dia se encontrou com uma pessoa especial e conversaram muito pra tentar se entender.

Ela era de áries e ele tinha dezesseis.

Ela era universitária e ele ainda tava no esquema "escola, clube televisão"

Ela acreditava no mundo e ele odiava a sociedade.

E mesmo com tudo diferente, veio mesmo, de repente, uma vontade de se ver.

Agora ele tinha motivo para viver, para sonhar e para ser feliz. Ele estava amando e enfim, se encontrou no mundo. E queria viver cada vez mais...

8 comentários:

Maria Helena disse...

Que lindinho Mau (:

Anônimo disse...

copia mascarada de legiao urbana

GrazieWecker disse...

"Anônimo disse...

copia mascarada de legiao urbana"

ah, SÉRIO?
mas eu vi outras bandas ali também ^^
curti o texto...

Freud Loco disse...

Cópia é control c, exatamente igual.
Versão não é cópia. Assim como paródia, que não é como a versão. Inspiração acredito que seja total em legião, mas afinal como escrever sobre amor sem que legião urbana não seja lembrada?

Vini Manfio disse...

huahuahuahuha
é mais um anônimo batido pelos comentários

huahauhuahauhauhauhuaha

Lidiele Moura disse...

eu gostei ^.^

Anônimo disse...

Quem e onde encomendar este verão na apropriação , justo sua informação.

Maurício disse...

Eu escrevi isso no ápice do meu amor e foi baseado em tequila baby, nenhum de nós e legião urbana.

Saudades dessa época.