...[2]

Quinta- feira eu tive jogo contra uns caras amigos de uma amiga minha. Humilhamos eles, tomei só dois gols e fui convidado pra jogar pro time do próximo horário que estava sem goleiro. Como era véspera de gre-nal e eu não tinha mais dinheiro, recusei o convite e fui para a parada mais próxima com dois colegas meus. Eles como vão de Campina embora( essa droga de ônibus passa em 5 em 5 minutos e chega a vir 3 onibus um atrás do outro) e eu de Vila Glória( que raiva, eu moro na Scharlau e tenho que ir com esse ônibus que demora um tempão pra passar). Eles pegaram rápido o ônibus e fiquei só eu na parada, um pouco com medo, pois da última vez que eu estava nessa parada com um amigo meu, passaram uns dez vileiros querendo briga com nós. Dei graças a Deus quando vi o ônibus passando, acenei e entrei. Cumprimentei o cobrador que já me conhecia bem e ele riu que eu sempre jogava quinta- feira, ri junto com ele e confirmei dizendo que é bom um futebolzinho depois da aula. Fui pro fundão como sempre, onde estava um cara também, logo já falamos de gre-nal e uma porção de coisas, até que o ônibus para. Polícia parou o ônibus, entro um tareco com voz grossa e mandou todos os homens para fora e as mulheres ficarem, lá fora fizeram o tal do "paredão" em nós, policial pé de porco desgraçado, me deu um baita chute no saco e um tapa na nuca, nem falei nada demais, depois mandou eu tirar minhas coisas da mochila, estava tirando e ele peguo-a e derrubou tudo no chão, sujei toda minha calça, meus cadernos, ai que raiva que eu fiquei, depois disso, entrou outro policial no ônibus e falou que era tenente de não sei o que, e que assim eles já prederam bastantes drogas, foragidos e é véspera de gre-nal...
Após toda essa ladainha, finalmente cheguei em casa, pra variar recebi ameaças do meu pai e um baita sermão da minha mãe, toda vez é assim, até já me acostumei.

Que raiva que eu tenho de ônibus, sempre que eu estou na parada, passa tudo quanto é tipo de ônibus, menos o da gente. E sempre que eu estou na parada, me lembro da música do Ultraje a rigor- ponto de ônibus

Um comentário:

Graziela disse...

pensa pelo lado bom de esperar o ônibus... quanto mais a gente espera, mais perto está do ônibus chegar hehehehehe