Sobre drogas e tal... o título sumiu daqui e eu tive que colocar outro

"A última notícia sobre o comentarista da TV Globo e ex-jogador Walter Casagrande Júnior data do ano passado: um sério acidente de carro em São Paulo. No dia 22 de setembro, Casagrande capotou sua Cherokee em uma rua do bairro da Lapa e chegou a ser internado na UTI do Hospital Albert Einstein. Três dias mais tarde, o comentarista teve alta e saiu do Hospital. Depois disso, silêncio. Casagrande desapareceu dos olhos do grande público.

Placar foi atrás do paradeiro do comentarista e ídolo corintiano. Ouviu família, amigos, colegas de trabalho. Descobriu que Casão, afastado da mídia antes mesmo do acidente, saiu direto do hospital para o tratamento de dependência de drogas em uma clínica na Grande São Paulo. O ex-jogador, que tem 44 anos, só poderá deixar o local quando receber alta dos médicos, e não por vontade própria.

Placar ouviu 16 pessoas próximas ao jogador que confirmaram que Casagrande consumia cocaína e até heroína. Não foi a primeira internação numa clínica para se livrar das drogas. Hoje, o comentarista ainda não está autorizado a receber visitas, nem mesmo dos seus três filhos.

Seu médico particular, Artur Timerman, não entra em detalhes, mas confirma que a tendência é de um tratamento longo. “Eu não consigo fazer previsões, mas deve demorar, infelizmente”." - Reportagem extraída do site da Revista Placar, como pode ter sido percebido.

Mas eu leio uma coisa dessas, e fico pensando, o que há com alguém que tem uma vida boa, ganha bem, trabalha com o que gosta(ele era jogador, virou comentarista, se não gostava, é o maior infeliz) e ainda vai atrás de heroína e cocaína.

Por favor. Que coisa de gente normal. Que coisa de gente idiota. Que coisa de brasileiro né... Que chovam as críticas, mas vejo isso como uma coisa de país subdesenvolvido. Falta de caráter da pessoa, que mesmo percebendo não pára de destruir a própria vida. Que merda mesmo. E a filha da puta da globo, em vez de prestar apoio, não, apenas esconde o caso. Que filha da puta mesmo. Pro inferno. A imagem iria ficar arranhada? Duvido, prestando apoio ela se mostraria solidária e compreensiva. Pro inferno.

Mas acalmando a irritação e pensando em como continuar o texto, acho que aqueles que seguem esse lado de drogas e tal, são insanos. Leia insanos não com tendências malucas, mas insanos, de irresponsáveis. Não sabem o que fazem. Bom, sabem sim. Mas são idiotas e arrogantes em achar que o errado é o certo.

Tudo numa complexa rede que não é difícil, mas nem tão fácil, de ser comentada e descrita. E depois, quando eu escrevo que os plaiboizinhos é que estragam o mundo, me chamam de idiota. Sim, ele era um plaiboi, claro, que um das antigas. Mas era um riquinho que financiava e ajudava os "senhores do tráfico". Bando de gente idiota. Mercenários que não sabem gastar o que ganham. Se é pra se matar, compre uma corda, até na sacada, enrole no pescoço e dê adeus ao mundo. É mais barato, rápido, eficaz e me daria a opção de escrever tudo isso em menos linhas.

Drogas, ou qualquer coisa que possa induzir a isso, eu repugno. Pro inferno. Bando de idiotas. Será que... . Bom. Não percebem mesmo. E se sim... . Enfim. Não há mais o que ser comentado. O cara tá no fundo do poço. Tomara que fique lá por um bom tempo, para se arrepender do que fez. Se bem que, ele, como comentarista, não faz falta. Aliás, se for comparar com o noronha e com o neto(que eu tenho que criticar, mesmo sendo da band), seria bom que ele voltasse logo. Pelo menos eu teria mais um motivo(além do galvão) para rir durante as pífias e monótonas transmissões da filha da puta da globo.

Tão tá!

2 comentários:

Deisy disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Deisy disse...

bom, gostei deste post aki...
concordo cm vc em relação a drogas...
eh uma idiotice...mas cada um sabe de si...
ou acha q sabe!!